Tipos de distribuições de cozinhas

Distribuição de cozinhas

Se estás à procura de reformular a tua cozinha e mudar a distribuição da mesma para aproveitar ao máximo todo o espaço que dispões, a primeira coisa que deves saber são os diferentes tipos de distribuições de cozinhas que há para conhecer qual é que se ajusta melhor à tua cozinha.

Uma distribuição correta fará com que a tua cozinha seja muito mais funcional, vai-te permitir ganhar espaço e fará deste espaço um lugar agradável onde estar. Falemos sobre as caraterísticas de cada uma destas distribuições.

Começaremos por detalhar as caraterísticas das cozinhas em L, uma das mais comuns. Esta distribuição é ideal para uma cozinha familiar já que nesta distribuição é fácil colocar uma mesa e cadeiras e escolher um espaço onde comer em família todos os dias.

Este tipo de distribuições é ideal para cozinhas de qualquer tamanho, sejam grandes, médias ou pequenas. Outra vantagem desta distribuição é a comodidade que oferecer para trabalhar, já que graças à interseção que se cria em poucos passos temos a todos. Ganha-se em agilidade.

Seguiremos com a distribuição mais simples de todas, as cozinhas em forma linear. Nestas toda a linha de trabalho se centra numa só parede. É a distribuição ideal para cozinhas alongadas e estreitas.

Neste tipo de cozinhas há mais deslocações, pelo que não é má ideia que a zona de confeção esteja situada no centro.

Seguimos com uma distribuição que requer de grandes espaços para não atrapalhar. Falamos das cozinhas em U. Estas utilizam três paredes do espaço. Com esta forma a transição na cozinha é mais cómodo já que as distâncias são mais curtas.

Ainda se falarmos que requer-se espaço, as cozinhas com ilha são as que mais espaço requerem. A distribuição de cozinha com ilha parte de alguma das distribuições que vimos anteriormente, ainda que esta incorpora uma ilha de cozinha no centro do espaço.

Esta ilha serve de espaço de trabalho, de espaço de armazenamento e, colocando uns bancos, pode servir inclusive como espaço para comer. O ideal é que haja pelo menos 90 cm entre os móveis da ilha para que o trânsito pela cozinha seja simples.

E terminaremos com uma distribuição muito parecida à linha que vimos anteriormente. A cozinha de frentes paralelas trabalha em duas linhas de trabalho, uma em frente da outra. O espaço que deve haver entre uma e outra deve ser de pelo menos 120 cm para que o movimento pela cozinha não seja afetado.

O ideal é colocarmos as zonas de trabalho até ao final evitar o efeito túnel. Também é aconselhável que a zona de limpeza e de confeção esteja no mesmo lado para reduzir qualquer possibilidade de acidente doméstico.

Artigos relacionados
Portal especializado em cozinhas. Somos o guia perfeito para a decoração de cozinhas.